volta as aulas

Volta às aulas: como acolher bem os alunos no começo do ano letivo

Para a volta às aulas, a escola deve estar preparada para receber novos alunos e veteranos adequadamente. Saiba como tornar este um momento agradável para alunos, pais e docentes!

A volta às aulas é, para os alunos, pais  e professores, um importante período de recomeço. Por isso, durante a retomada da rotina escolar, é preciso planejamento e cuidado por parte dos gestores para integrar os alunos novos e receber bem os veteranos.

Neste processo, a recepção das famílias, as apresentações dos professores e da escola e o devido espaço para os pais são algumas das ações indispensáveis para que que essa iniciação seja suave, prazerosa e, acima de tudo, uma experiência positiva para todos os envolvidos.

Quando falamos da Educação Infantil, essa transição deve ser ainda mais cuidadosa. As instituições que atendem essas crianças fazem o uso de estratégias que permitem que as crianças pequenas se sintam seguras e à vontade durante os primeiros dias de aula sem traumas.

A seguir, você confere quais são essas estratégias, bem como as melhores formas para implantá-las em sua escola ou creche. A ideia é que ao final deste post, você consiga elaborar um plano para receber seus alunos com tranquilidade e, é claro, muita alegria no início do ano letivo.

Se tiver dúvidas, deixe seu comentário ao final deste post.

Boa leitura!

Volta às aulas sem estresse: como receber bem os alunos?

Para alguns alunos, apenas o início de mais um ciclo escolar. Para outros, um recomeço cheio de surpresas em uma nova instituição de ensino. Não há dúvidas que a volta às aulas é um período cercado de expectativas. Tanto por parte dos alunos quanto dos professores e coordenadores, que precisarão de alguns dias para retomar a dinâmica e o ritmo das classes.

Por este motivo, durante essa fase de transição e readaptação à rotina escolar, é essencial  saber integrar os alunos novos e receber bem os antigos. Principalmente no começo do ano, é mais do que importante que a escola os acolha bem, dando as informações de que precisam para iniciarem os estudos com mais segurança e tranquilidade.

Mas quais outras estratégias são recomendáveis para preparar a escola e receber bem os alunos durante a volta às aulas?

A seguir, você confere algumas sugestões baseadas em práticas muito comuns entre as instituições de ensino. E que poderão ajudá-lo a colher bons frutos para pais, professores e alunos:

  • Investir em jogos e atividades cooperativas entre os alunos que envolvam questões de desenvolvimento pessoal, social e emocional, além de cidadania;
  • Expor mensagens de boas-vindas por toda a escola;
  • Fazer um tour pelo colégio e incentivar que as crianças conheçam o espaço e os diferentes ambientes, mostrando aos alunos todos os departamentos e colaboradores;
  • Promover atividades de integração que estreitem os laços de amizade entre os estudantes e para o bom andamento das tarefas escolares no decorrer de todo o ano estudantil;
  • Promover reuniões com os pais para esclarecer dúvidas e apresentar a eles os professores que estarão à frente da turma durante o ano;
  • Incentivar a integração dos novos colaboradores, fazendo com que eles se sintam parte do grupo e tão responsáveis pelo sucesso da escola quanto os outros membros;
  • Estimular também a interação do corpo docente. Uma sugestão para isso é eleger uma espécie de “tutor” entre os professores mais antigos e torná-lo responsável por explicar os detalhes para esses membros recém-chegado.

Lidando com os pais quando as aulas voltam

Nos primeiros dias de aula é o momento certo para garantir que os pais tenham a melhor primeira impressão possível em relação à escola.

Assim, é muito importante que o diretor e o coordenador pedagógico estejam presentes no pátio da escola com o intuito de tirar dúvidas dos pais e ajudar os alunos, principalmente os novatos. Este tipo de atitude vai demonstrar que os gestores estão abertos a questionamentos e totalmente interessados em acolher todos os estudantes desde o início do ano letivo.

Entre os alunos de creches ou da Educação Infantil, a transição deve ser ainda mais cautelosa: o período de adaptação para os pequenos costuma ter um horário especial de permanência, com menos horas do que o normal até que a criança se adapte e se acostume a essa nova rotina e consiga permanecer pelo período completo na escolinha.

Neste momento, os responsáveis muitas vezes podem ficar na escola mesmo, em um ambiente separado. Para deixá-los mais à vontade, reserve um lugar com revistas e jornais para que os pais fiquem durante o período em que as crianças estão em classe. Vale aproveitar esses primeiros dias para conversar com eles sobre como será o ano e destacar a importância de as famílias contarem à escola o que acontece em casa.

É bem comum que durante esta fase as crianças menores peçam ajuda aos pais ou acompanhantes para levá-los ao banheiro ou acompanhá-los em alguma atividade.

Recomende aos pais dos pequenos recém-chegados que digam aos filhos frases de incentivo, como “fale com sua professora, ela vai te ajudar”, facilitando, desta maneira, a construção deste vínculo essencial dos alunos com os docentes.

Se houver pais de alunos deficientes, por exemplo, essa é a hora de mostrar que você e sua equipe farão de tudo para que eles se sintam realmente incluídos.

Prestando atenção aos novatos

No período de volta às aulas, é também comum que aqueles que acabaram de chegar se sintam isolados ou mais retraídos. Assim, é altamente recomendável que a escola planeje atividades para momentos como o intervalo nos primeiros dias, bem como pedir aos educadores que prestem atenção extra nos novatos para que não fiquem sozinhos.

Leia também: bullying escolar: como identificar, agir e evitar

É dever do professor mostrar à classe como é importante que todos se conheçam.

Dinâmicas que mobilizem o interesse de um aluno pelo outro podem ser interessantes para quebrar o gelo inicial entre os novos alunos.

Uma ideia para isso é dividir a turma em duplas aleatórias e pedir que conversem sobre o que mais gostam – músicas, comidas ou brincadeiras. Em seguida, proponha que cada um apresente o colega à turma. Outra sugestão é passar um filme que fale sobre as relações humanas e propor uma discussão entre os estudantes.

guia playground seguro

 

 

Deixe um comentário!

2 Comentários

  1. Marineide Maria da Silva says:

    Amo idéias sobre educação .

Comente