marketing educacional

Marketing Educacional: o que é e como aplicá-lo em sua escola

Você já parou para pensar como o Marketing Educacional pode ajudar na retenção e na captação de alunos para sua escola?

Em um mercado cada vez mais concorrido, o marketing educacional se mostra a cada dia mais essencial para as instituições de ensino promoverem seus cursos, seus conteúdos, sua infraestrutura e os seus valores.

Afinal, é através dele que se fidelizam seus clientes e que os pais de potenciais alunos tomarão conhecimento da existência da sua escola ou creche. Um marketing educacional (ou escolar, se preferir chamar assim) bem-feito faz com que se absorva uma percepção positiva da instituição, que, por sua vez, estará transmitindo confiabilidade e uma estrutura organizacional exemplar.

Mas, afinal, o que é o marketing educacional? Como aplicar em sua escola e transparecer excelência em todos os setores?

Se você ainda não está familiarizado com este termo e gostaria de se aprofundar no assunto, neste blog post poderá finalmente esclarecer todas as suas dúvidas.

Vamos entender um pouco mais a respeito de práticas básicas de marketing escolar, e como aplicá-las de forma a promover sua escola de maneira adequada e efetiva financeiramente.

Confira nossas dicas a seguir e, se tiver dúvidas, não deixe de comentar abaixo.

Boa leitura!

O Marketing Educacional hoje

Quando falamos em marketing educacional, estamos nos referindo a um termo relativamente novo. Isso porque, há bem pouco tempo atrás, quando se pensava em captação de alunos, retenção e fidelização, falava-se apenas em publicidade – e, na grande maioria das instituições de ensino, especificamente na publicidade off-line, ou seja: anúncio em TV e jornais, outdoor, busdoor, folders, etc.

Hoje em dia, não é mais assim: o Marketing Escolar está focado em oferecer estratégias e táticas mercadológicas e de comunicação para fidelizar seus alunos, além de satisfazer suas necessidades de aprendizado do início do curso até o final.

No caso do ensino infantil, essas necessidades são observadas pelos responsáveis dos alunos. Impactados pelas ações de marketing educacional, fazem o chamado (e poderoso) marketing “boca a boca” da instituição, indicando a escola para conhecidos, amigos e parentes que também possam ter interesse no curso oferecido.

O Marketing Escolar atual também trabalha com diversas frentes para converter novas matrículas fazendo o uso constante das ferramentas online para se comunicar com seu público, tais como:

  • E-mail Marketing (informativo ou com conteúdo pertinente para alunos, pais e potenciais clientes)
  • Redes Sociais (como Facebook, Twitter, Linkedin)
  • Blogs (conteúdo de qualidade que pode gerar acessos através da busca no Google)
  • Sites Responsivos (para uma boa experiência do usuário ao acessar o site pelo celular)
  • Mídia paga (Google Adwords e Facebook Ads)

O foco no ambiente online já se mostra como uma tendência do mercado educacional. A pesquisa EduTrends 2016, feita pela Rock Content em parceria com a Resultados Digitais, mostrou que 66,5% das IES investem em marketing offline, enquanto 81,3% apostam no marketing digital.

O mesmo estudo também revelou que 69,3% das instituições consideram o ROI, retorno do investimento, muito ou moderadamente positivo com o marketing offline. Já com o marketing digital, o percentual subiu para 82,4%.

Se adotar uma ou mais dessas estratégias, certifique-se de delegar o gerenciamento dessas mídias a um profissional responsável e capacitado. Algumas instituições de ensino pecam ao criar canais de comunicação na internet, mas não responderem em tempo hábil.

O resultado acaba sendo o inverso: a insatisfação do consumidor, que procura mais informações ou quer tirar dúvidas a respeito do curso, mas é esquecido. Não permita que isso aconteça na sua gestão escolar e priorize as respostas com rapidez e eficiência.

Marketing escolar: para quem?

De nada adianta uma boa estratégia de marketing se a linguagem e todos os elementos que a cercam não se comunicam bem com o seu público.

Por este motivo, um conceito muito usado e fundamental nas estratégias de marketing de sucesso é o das “buyer personas”. Personagens semi fictícios, criados através de pesquisas, que representam o aluno ou o responsável ideal para a sua instituição.

Trata-se de um conceito diferente do público-alvo, mais abrangente. A persona é caracterizada por uma ideia mais estreita e pessoal, como se a pessoa realmente existisse.

Esses personagens carregam informações valiosas como dados demográficos, hábitos de consumo de informação e problemas, interesses e objetivos pessoais. Quanto mais detalhes essas personas tiverem, mais fácil será descobrir como sua IE poderá ajudá-las.

Desta maneira, é possível adotar um discurso mais assertivo em todas as frentes de comunicação, que corresponda aos anseios e às expectativas dos alunos ou responsáveis.

Envolva os colaboradores  

O marketing na educação também envolve a sintonia de todos os gestores e docentes com o plano de marketing da instituição, colocando à frente os princípios da instituição para manter e dar continuidade à criação de valor da marca.

Mas a capacitação de todos colaboradores e a importância da criação de valor em cada um deles é imprescindível para uma boa estratégia de marketing nas escolas.

Ao trabalharmos o SAC, por exemplo, a escola recebe demandas sobre assuntos diversos que vão desde financeiro, passando por bolsas e financiamentos e biblioteca.

Mostre a todos os colaboradores o planejamento, explique os objetivos, os valores. Mostre para esses colaboradores como funciona a dinâmica das redes. Ao envolvê-los no processo, você cria significado e poderá contar com o apoio deles ao promover uma imagem condizente com a que pretende transmitir ao seu público.

Além disso, são essas pessoas que muito provavelmente lidam diretamente com seus clientes e conhecem mais a fundo suas dores, sua rotina e seus anseios. Valorize o capital humano dentro da sua escola e terá um poderoso aliado para criar uma estratégia de marketing assertiva e verdadeiramente adequada ao seu negócio.

Daí, entende-se o porquê do marketing educacional ser tão importante nesse meio: adotando-se uma estratégia inteligente, não será difícil se destacar em meio a tantos concorrentes.

Agora que você já sabe os primeiros passos para colocar em prática o seu plano de Marketing Educacional, que tal conferir outros artigos que podem ajudar nessa estratégia?

guia playground seguro

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente