isolamento acústico

Academias com isolamento acústico: mais comodidade para seus alunos

Você sabia que as academias com isolamento acústico faturam mais?

Cada vez mais antenadas às demandas dos alunos, as academias têm apostado em aulas coletivas variadas. Aulas de danças, spinning, running, yoga, pilates e outras atividades acontecem frequentemente ao mesmo tempo, com diferentes músicas e volumes. Neste sentido, as academias com isolamento acústico têm disparado na frente da concorrência.

Isso porque o tratamento acústico permite que se evite a propagação de som pelos ambientes. Desta maneira, a música da aula que acontece ao lado não interfere na execução das outras atividades ao redor e vice-versa, tornando a aula mais agradável.

A princípio, pode até parecer algo supérfluo. Mas dispor de ambientes acusticamente preparados para as aulas pode refletir diretamente no aumento do faturamento da academia.

Quer saber por que? Então confira a seguir nossas dicas. Entenda como e por que você deve começar a adaptar sua academia para receber tratamento acústico adequado.

Se tiver dúvidas ou sugestões, deixe aqui nos comentários. Tenha uma boa leitura!

Academias com tratamento acústico: por que aplicar?

Toda academia tem como foco principal a melhora da qualidade de vida por meio das atividades físicas. E, quando se fala em atividade física, a música vem junto quase que de maneira automática.

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Brunel, localizada em Londres, a música pode aumentar em até 6% o desempenho de uma atividade física.

Isso porque ela estabelece um ritmo no exercício que é importantíssimo em atividades marcadas pela repetição. Nas academias e centros esportivos, por exemplo, isso acontece o tempo todo.

Os professores e educadores físicos sabem disso, e, não por acaso, usam e abusam desse recurso para estimularem seus alunos. Uma aula de spinning, por exemplo, acontece sempre com som agitado, bem alto, com luzes de boate. Assim como as aulas de dança e jump, que exigem bastante esforço e pedem um motivador adicional.

Mas e quando a música é tão alta que atrapalha outras atividades dentro da própria academia? Aulas como yoga e pilates precisam acontecer em uma atmosfera tranquila, livre de ruídos externos. Assim, permite-se a devida concentração corporal e meditação.

Perceba que existem demandas completamente diferentes em uma mesma academia. Daí a necessidade de garantir o conforto e bem-estar de todos os alunos, independente da aula que venham a frequentar.

Além disso música e barulho são coisas distintas, de forma inconsciente o ruído indesejado estressa e trás desconforto.

Preocupados com esta questão, alguns estabelecimentos têm buscado reduzir os ruídos e proporcionar mais conforto aos clientes. Por isso, muitas academias têm investido no isolamento acústico.

Com ambientes preparados especialmente para essas aulas, esses estabelecimentos podem disponibilizar mais horários, principalmente à noite, quando precisam respeitar a regra da boa vizinhança e não atrapalhar os arredores com som alto.

Além disso, é no período noturno que a maioria das pessoas têm mais disponibilidade para frequentar as academias. Quanto mais opções de horários forem disponibilizadas, mais alunos vão se matricular e frequentar as aulas. Consequentemente, a academia verá o aumento da receita e do seu faturamento.

Onde e como aplicar o Isolamento Acústico

Se você já está preocupado com o investimento que precisará dedicar ao seu estabelecimento, começamos com uma boa notícia. O isolamento acústico nas academias pode ser feito apenas em salas específicas, já que o ambiente de musculação tem uma demanda específica nos pisos.

As salas podem ganhar vidros, portas e espumas acústicas, que reduzem a transmissão sonora de um ambiente para o outro. Isso proporciona mais conforto e privacidade nas aulas.

Ao contrário do que se imagina, os materiais que realmente isolam o som não são as espumas, difusores e absorvedores que vemos em estúdios de produção musical, por exemplo.

Esses materiais têm outra função. Para isolar som, é preciso massa mais densa, e a mesma vem através de materiais como madeira maciça, blocos de cimento, tijolos, mantas de borracha, tapetes espessos, vidros e vários outros.

Técnicas de Isolamento Acústico

Para otimizar o isolamento acústico de ambientes uma técnica muito usada é a de paredes duplas. Fazer uma parede mais espessa não é a solução definitiva para o isolamento. Na verdade, o que vai fazer a diferença é a variedade de materiais na parede entre os ambientes.

Um exemplo clássico é uma parede feita de tijolo, ar e tijolo. Isso é feito simplesmente deixando um espaço entre as paredes.

Os blocos de cimento e tijolos são os fechamentos mais comuns para paredes. Uma técnica muito usada para melhorar ainda mais o coeficiente de isolamento é a construção de uma parede de alvenaria. Para completar, uma segunda parede de gesso (dry-wall) recheada com lã de rocha. Esta é a forma mais em conta (e sustentável) de melhorar o índice de isolamento acústico dos seus ambientes.

Outra maneira de isolamento acústico é através do piso. Pisos próprios para essa finalidade, como os modelos emborrachados possuem absorção de alto impacto. Ele são fabricados especialmente para resistir a queda de pesos e ainda absorver os ruídos causados por estes.

Lembrando que todo projeto de isolamento acústico tem suas particularidades, como a circulação e o condicionamento de ar. Se você busca uma solução adequada que atenda às características e necessidades de cada uma das situações, não caia no erro de improvisar. Um trabalho mal feito pode não solucionar o problema e causar perdas financeiras.

Portanto, para fazer o projeto de isolamento acústico para a sua academia, o melhor é buscar empresas especializadas no assunto. Ela poderão analisar a sua demanda e apresentar a melhor solução.

E você? Tem alguma boa dica sobre isolamento acústico de academias? Compartilhe conosco sua experiência e suas ideias!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

WhatsApp chat