Marketing Digital para atrair alunos para a sua academia

Os números comprovam que a quantidade de academias no Brasil vem aumentando de forma significativa ao longo dos anos. De acordo com um levantamento realizado pelo SEBRAE, os negócios do mundo fitness tiveram um crescimento de 133% em cinco anos, e o Brasil já é considerado o 2º país no ranking mundial com mais academias em funcionamento.

Em meio a tanta concorrência, as academias têm buscado se sobressair diversificando suas estratégias de marketing – uma delas é usando o poder do marketing digital, uma das maiores ferramentas de promoção que tem como premissa o uso da internet como canal de divulgação do negócio.

Vale atentar também para o fato de que o Marketing Digital para academias vai ao encontro do aumento de interesse da população em ter uma vida saudável, que pode ser constatado com a popularização dos perfis no Instagram, YouTube e outras redes sociais com foco em dar dicas sobre o tema.

Sendo assim, como fazer para tirar o máximo proveito deste crescente nicho para o seu negócio? Selecionamos algumas dicas de Marketing Digital que podem fazer a diferença na hora de promover sua marca no online. E, consequentemente, resultar em mais potenciais clientes para sua academia.

Se tiver dúvidas ou comentários, deixe-os no final deste post. Boa leitura!

Marketing digital para academias: na mira do cliente

Basta navegar pelas principais redes sociais para notar que bem-estar e qualidade de vida são palavras que estão em alta, trazendo cada dia mais uma legião de seguidores em busca de uma vida mais saudável e equilibrada.

Um dos resultados desta tendência é a altíssima procura por academias e centros de treinamento. O público tem o objetivo de conquistar resultados semelhantes tão exaltados em perfis de YouTube e Instagram, por exemplo.

A partir disso, podemos concluir que, ao mesmo tempo em que o empreendedor do ramo de academias hoje se depara com uma enorme concorrência, atualmente ele também encontra enorme oportunidade, como nunca antes, de falar de maneira mais próxima com este nicho do mercado.

Mesmo porque existe também um forte movimento de críticas às pessoas à frente desses perfis. Uma vez que a maioria não possui graduação no curso de nutrição ou de educação física. Fatores que permitem que os mesmos falem com propriedade sobre o assunto.

Se você conta com uma equipe de profissionais, que tal aproveitar o interesse deste público por este tipo de informação? Que tal contar com seus especialistas para fazer a produção desse conteúdo? Será que sua academia não pode oferecer conteúdos mais ricos do que os oferecidos pelas chamadas “blogueiras fitness”?

Como aplicar o Marketing Digital na minha academia?

De acordo com o guru do Marketing, Philip Kotler, “Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”.

Os chamados “Digital Influencers” parecem já ter entendido a mensagem de Kotler. Eles vêm surfando na onda do Marketing Digital há muito tempo. Dão dicas para emagrecer, dicas de treinos e até de alimentação.

Entretanto, antes de começar a elaborar a estratégia de marketing digital, é necessário já ter bem consolidado o posicionamento offline. Isso porque a estratégia de marketing deve estar dentro de um conjunto delas, e nesse contexto, um bom planejamento é fundamental.

Fazer Marketing sem planejamento é como entrar em uma academia sem objetivos. Este planejamento deve antecipar todos ou, ao menos, os principais pontos para executar suas estratégias de marketing. Sua função é diminuir a margem de erro das ações e servir como um mapa para elas. Esse mapeamento pode envolver:

  • Análise de ambiente: avalie os pontos fortes e fracos do seu negócio, as oportunidades e as ameaças, os concorrentes e tudo o que puder influenciar no funcionamento da academia
  • Traçar Objetivos: determine objetivos como por exemplo, captar 260 novos alunos em um ano e reduzir a taxa de turnovers (cancelamentos) para 3 clientes por mês
  • Definir Metas: fixe algumas metas como, conseguir 20 novos alunos por mês, gerar 500 novos leads mensais e diminuir o custo de aquisição de clientes (CAC) em 30% durante o ano;
  • Criar uma ou mais Personas: determine de forma detalhada para quem será voltada essas estratégias, qual linguagem será usada e quais são os problemas e objetivos desse público?
  • Escolher os Canais: em quais meios as personas poderão ser impactadas? Redes sociais, blogs, e-mail, eventos, jornais?
  • Definir o Plano de ação: quais serão as táticas e estratégias que serão utilizadas e os diferenciais delas?
  • Traçar o Cronograma: crie prazos para a realização das ações de marketing e o cumprimento de metas e objetivos;
  • Determinar um Orçamento: o quanto será gasto com cada estratégia;
  • Escolher quais serão os indicadores de desempenho: os KPIs e as métricas usadas para monitorar os resultados de suas campanhas.

Ferramentas de Marketing Digital

Uma vez com seu planejamento traçado, você já pode começar a trabalhar o Marketing Digital. Ele pode servir como aliado na captação e retenção dos seus clientes. Afinal, é na internet que grande parte dos consumidores desse segmento estão. Pesquisam por academias, buscam formas de ter uma vida saudável, procuram a opinião de especialistas, etc.

A seguir, você confere 3 formas de se conectar com seu público no ambiente online:

Blog: Uma das melhores maneiras de ser encontrado por esse público é criando um blog para a sua academia, que funcionará muito bem para a publicação de conteúdos, novidades e ofertas do seu empreendimento. É também por meio desse canal que futuros clientes poderão encontrar sua academia quando pesquisarem no Google, por exemplo.

Vídeos: Os vídeos são o tipo de conteúdo mais consumido da internet, e de acordo com a Cisco, esse formato vai abraçar cerca de 82% do tráfego global. Além disso, eles são mais fáceis e rápidos de serem consumidos do que textos ou imagens estáticas. Por isso, vale a pena criar um canal no YouTube para dar dicas e subir vídeos no Facebook com entrevistas com profissionais de saúde ou educação física. Outra maneira de trabalhar vídeos é  fazendo lives no Instagram e Facebook com a rotina dos treinamentos.

E-mails: Ao contrário do que se previa no passado, o e-mail marketing segue mais vivo do que nunca! Mesmo para academias, ainda não é aconselhável descartar esse canal, principalmente pelas altas taxas de conversão, pelo baixo custo e pela proximidade gerada com o público. Crie listas com atuais e possíveis clientes, e envie materiais em formatos diversificados, como: newsletters, e-books, infográficos e mensagens promocionais.

Outra dica é segmentar os envios criando diferentes grupos de remetentes. Pois nem todos os contatos possuem o mesmo interesse e estão no mesmo estágio de compra.

Há diversas plataformas gratuitas de disparo de e-mails personalizados disponíveis na web. Assim, você vai garantir menor impessoalidade durante tentativas de contato e estará cada vez mais próximo do seu público-alvo.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente